A vacina e o relógio

A percepção é a de estarmos encurralados por essa doença invisível e traiçoeira. Leia a coluna de Luiz Carlos Trabuco Cappi publicada no Estadão.

Leia » A vacina e o relógio

Consenso já

Com a eleição das Mesas da Câmara e do Senado, teremos uma oportunidade de encontrar propostas convergentes para pagar a conta da luta contra a pandemia no Brasil, voltar a crescer e criar empregos. Leia a coluna de Luiz Carlos Trabuco Cappi publicada no Estadão.

Leia » Consenso já

Pra não esquecer jamais

Tirar lições de dificuldades ou de situações de crise é uma questão de bom senso. Leia a coluna de Luiz Carlos Trabuco Cappi publicada no Estadão.

Leia » Pra não esquecer jamais

Rating: melhor prevenir do que remediar

O governo tem instrumentos para reverter a tendência de crescimento da dívida. Leia a coluna de Luiz Carlos Trabuco Cappi publicada no Estadão.

Leia » Rating: melhor prevenir do que remediar

Ponto de partida

É preciso corrigir distorções nas cadeias de produção, reduzir a desigualdade, promover a inclusão e enfrentar os graves problemas ambientais. Leia a coluna de Luiz Carlos Trabuco Cappi publicada no Estadão.

Leia » Ponto de partida

Em busca do consenso possível

A pandemia está nos dando muitas lições, entre as quais a importância da cooperação e da corresponsabilidade. Leia a coluna de Luiz Carlos Trabuco Cappi publicada no Estadão.

Leia » Em busca do consenso possível

As grandes crises aceleram a história

O momento é oportuno para que iniciemos um debate sobre as lições que a pandemia nos trouxe e sobre o que devemos esperar dessa nova fase histórica. Leia a coluna de Luiz Carlos Trabuco Cappi publicada no Estadão.

Leia » As grandes crises aceleram a história

Saneamento: uma questão de dignidade

Em economia, concorrência é o estímulo mais eficaz para que as coisas deem certo. Leia a coluna de Luiz Carlos Trabuco Cappi publicada no Estadão.

Leia » Saneamento: uma questão de dignidade

A distopia do novo anormal

Uma pergunta nos é feita nesta época de pandemia: como será a vida em sociedade, a economia, o trabalho, o lazer e as manifestações de cordialidade e de afeto, além de inúmeros outros aspectos de nossa rotina, quando a crise acabar? Leia a coluna de Luiz Carlos Trabuco Cappi publicada no Estadão.

Leia » A distopia do novo anormal